Núcleo de Estudos e Pesquisa em Direito Internacional da Universidade – Nepedi/Uerj atuará como observador eleitoral

Nas Eleições Gerais de 2022 a UERJ fará parte desse marco da democracia. O Núcleo de Estudos e Pesquisa em Direito Internacional da Universidade – Nepedi/Uerj (@nepedi.uerj) atuará como observador eleitoral. O credenciamento para atuar nas Eleições de outubro se deu por edital de chamamento público, publicado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

📍A UERJ e a USP são as únicas universidades brasileiras habilitadas a participar como observadoras.

Raphael Carvalho de Vasconcelos, coordenador do Nepedi que já atuou em missões na Bolívia e Venezuela, destacou: “Para o Brasil, é bom em várias dimensões, pois haverá uma equipe isenta, capaz de dar um diagnóstico preciso sobre o funcionamento de nosso sistema eleitoral. Nesse momento democrático denso que vivemos, é muito importante ter pessoas comprometidas em fazer essa análise técnica”

A iniciativa inédita da Corte dá ainda mais transparência ao processo eleitoral e dialoga com as melhores práticas recomendadas pela Organização dos Estados Americanos – OEA.


As demais entidades credenciadas, públicas e privadas, são: Associação Brasileira de Juristas pela Democracia (ABJD); Associação Nacional das Defensoras e Defensores Públicos (Anadep); Associação Juízes para a Democracia (AJD); Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE); Sociedade de Ensino Superior de Vitória (Faculdade de Direito de Vitória – FDV); e Transparência Eleitoral Brasil.

Uerj

29 julho