Instituições de ensino superior do Rio se manifestam a favor do retorno presencial

Diante da diminuição dos casos de Covid-19 no Rio de Janeiro, diversas instituições de ensino superior se posicionaram favoráveis à retomada imediata das atividades presenciais. Em nota divulgada nessa terça-feira (9), Uerj, Unirio,Uezo, Uenf, IFF, IFRJ, UFF, UFRJ, Cefet-RJ e Colégio Pedro II, consideram que esse retorno será fundamental para o processo de ensino-aprendizagem de qualidade.

De acordo com o documento, a decisão se baseou no “comportamento da pandemia no que se refere principalmente às seguintes variáveis: taxa de transmissão do vírus, grau de letalidade e ocupação dos leitos”. No caso, os gestores entendem que “o avanço da vacinação, inclusive na população infantil, associado às características dessa nova variante, trouxeram novas perspectivas”.

Segundo a nota, a peculiaridade de cada instituição de ensino será respeitada, bem como a autonomia para a provação dos respectivos calendários acadêmicos, que neste momento não possuem convergência de datas de início e término dos períodos letivos. “Reafirmamos que a retomada presencial plena deve ser realizada de maneira estratégica e no início do novo período letivo, pois as atividades presenciais não devem excluir grande parte dos discentes que não moram nos municípios nos quais realizam seus cursos. Esse planejamento é fundamental”, afirmam os gestores.

Para garantir uma retomada segura, as instituições se comprometem a efetuar a cobrança do ciclo vacinal completo, bem como das medidas dos protocolos de biossegurança.

🌐 Leia a matéria na íntegra:

https://vejario.abril.com.br/cidade/universidades-retorno-aulas-presenciais/

Uerj